Imaginário Coletivo e Marca Fisica/ Empresarial

Bom mais uma vez venho trazer mais uma compreensão da aula de Identidade Visual.

Imaginário Coletivo é denominado quando idéias são semelhantes ou até mesmo igual levando em conta uma consideração:

1-      Se as pessoas envolvidas compartilharem de uma mesma criação, de um mesmo grupo de amigos, se tiverem gostos parecidos, assim podemos considerar que tenha ocorrido o Imaginário coletivo.

Quando não há essa semelhança é bem provável que o caso real da semelhança seja Plagio, este é um assunto muito complicado e complexo na minha compreensão, tipo… você pode plagiar uma idéia e plantar evidencias que podem supor que seja um imaginário coletivo, mais o mais indicado mesmo é que você por conta própria fuja das idéias mais obvias, por mais que elas pareçam melhores e mais fáceis de serem elaboradas, e se por acaso estiver com preguiça de pesquisar sobre tal idéia, pense “ESSA IDEIA JÀ EXISTE” e passe para a próxima sempre há mais de uma solução para um problema certo?

A criação de uma marca tanto para uma empresa quanto para uma pessoa Física é importante?

Primeiro para uma Física:

Por mais fútil que pareça é interessante uma pessoa que tenha capacidade de lidar com o mercado de trabalho possuir uma marca própria, seria como um segundo nome, mais só que um nome comercial, é um método fácil e pratico de divulgar o seu nome através de uma simbologia.

Por exemplo: O básico para se compor um cartão de visita é:

Quem é

Cargo

Forma de contato

Quando esses elementos estão interligados a uma marca, eles acabam que ganhando uma percepção maior de uma pessoa dentre tantos outros cartões.

Segundo para uma Empresa:

A marca da empresa é a empresa. Uma marca deve por si só transmitir a idéia da empresa. Claro que cada caso é um caso, mas em geral, esse é o papel dela.

Mais em fim quais os elementos básicos que devem ser levados em conta na escolha de uma marca? Vimos em sala que:

– Conceito

– Personalidade

– Contemporaneidade

– Legibilidade

– Pregnancia

– Uso

– Razão Social

Cada um desses elementos tem seu significado, mais o que é mais importante de ser citado é que cada um desses elementos ganham mais importância a partir do momento que se tem um domínio sobre o que a marca quer representar, eu diria que personalidade, pregnancia e contemporaneidade são os 3 fatos mais importantes aqui presentes, se eles estiverem equilibrados a fixação na memória das pessoas se tornam mais fáceis.

Dica: Galera, na hora de criar uma marca não ligue para o seu gosto pessoal, liste os pontos do senso comum e ai comece em cima deles a descartar os mais óbvios, e depois com os outros comecem a incrementar, analise uma forma de tornar aquele elemento mais criativo, aceito e interessante para o mercado de trabalho.

Anúncios

O meu parecer da aula…

Em aula começamos a debater os elementos que compõe uma marca e as suas definições, e o que ficou bem claro é que uma marca pode ser composta por “Nome, Logotipo e Símbolo” o que ficou mais evidente quando vimos os 3 tipos de classificação de marcas:

Marca mista, Marca Nomativa e Marca Figurativa.

A Marca Mista – quando composta por Tipo, Logotipo e Símbolo

Marca Nomativa – composta apenas pelo Logotipo

Uma vez que Logotipo é apenas a forma da letra, ele vai se caracterizar por um alfabeto existente, ou algum já existente mais  modificado ou até mesmo de um desenhada.

Marca Figurativa – não apresenta um Logotipo

Por não apresentar um Logotipo a Figurativa é representada pelo Símbolo que por sua vez contem 2 segmentos os Símbolos Abstratos que não possuem um significado inicial e o Figurativo que será transmitido por um Pictograma, fonograma ou até mesmo um Ideograma.

A idéia de entender melhor as características que podem compor uma marca parte da idéia de que uma empresa com uma marca bem elaborada, com fundamento e uma beleza estética aceitável, acaba obtendo uma aceitação maior no mercado de trabalho e deixando sua marca impregnada no cotidiano.

Hello world!

Welcome to WordPress.com. This is your first post. Edit or delete it and start blogging!